Marina de Barros Monteiro


Marina de Barros Monteiro

Contato

Idiomas

Português
Baixar vCard

Formação

  • Doutora em Direito Civil Comparado – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), 2016
  • Mestre em Direito Civil – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), 2011
  • Extensão universitária em As Novas Leis Processuais – Faculdade Autônoma de Direito (FADISP), 2007
  • Extensão universitária em As Últimas Reformas do Processo Civil – Faculdade Autônoma de Direito, (FADISP) 2006
  • Extensão universitária em Recursos – Faculdade Autônoma de Direito (FADISP), 2005
  • Graduação em Direito – Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU/SP), 2003

Experiências Profissionais

  • Sócia fundadora do escritório Barros Monteiro Advocacia e Consultoria Jurídica, 2003 a 2017

Associações

  • Ordem dos Advogados do Brasil, São Paulo, 2003
  • Membro fundadora do Instituto Paulista de Ciências Jurídicas Ministro Raphael de Barros Monteiro (IPCJ)

Expertise

  • Contencioso doméstico e transnacional
  • Arbitragem doméstica e internacional
  • Direito de Família e Sucessões
  • Contratos
  • Direito registral

Marina de Barros Monteiro atuou no contencioso estratégico, assessorando questões jurídicas de alta complexidade, durante toda sua vida profissional. A advocacia chamada artesanal, ou de boutique, em que se destina a cada um dos casos e clientes a mais comprometida assessoria jurídica, sempre norteou os seus trabalhos e o desenvolvimento de suas atividades profissionais.

Das suas áreas de atuação, destaca-se o envolvimento com litígios nas searas de direito contratual, registros públicos, divórcio e inventário, além de demandas envolvendo direito empresarial.

Marina fundou e conduziu, ao lado de seu pai, Ralpho Waldo de Barros Monteiro, durante mais de quinze anos, o escritório Barros Monteiro Advocacia e Consultoria Jurídica, do qual se desligou para integrar, na qualidade de sócia, o time de advogados do MNA.

Marina de Barros Monteiro é mestre em direito civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, e doutora em direito civil comparado pela mesma Universidade. Em seus trabalhos acadêmicos, ambos orientados por Maria Helena Diniz, o direito contratual e os limites da autonomia privada foram seus principais focos.

Docência

  • Professora na pós-graduação de Direito – Damásio, 2016
  • Professora Assistente de Direito Processual Civil –  Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), 2003 a 2011.
  • Organizadora de cursos de especialização – Faculdade Autônoma de Direito (FADISP), 2000 a 2003.

Publicações

  • Autora do livro O direito real de habitação dos companheiros proprietários de outro imóvel, publicado pela editora Baraúna, (2016)
  • Co-Autora do livro A causa dos contratos e a exceptio non adimpleti contractus, publicado pela editora Baraúna (2016)
  • Autora do livro O raciovitalismo de Recasens Siches – Teoria e prática, publicado pela editora Baraúna (2016)
  • Co-Autora do livro Fraude de execução e os princípios gerais de direito (análise sob a vigência do novo Código de Processo Civil), publicado pela editora Baraúna (2016)
  • Autora do livro A Autonomia Privada nos Contratos em Massa e sua Conformação pelo Princípio da Boa-fé Objetiva, publicado pela revista Brasileira de Direito Civil Constitucional e Relações de Consumo (2011).
  • Co-Autora do livro Aspectos Polêmicos do Cartão de Crédito, publicado pela revista Brasileira de Direito Civil Constitucional e Relações de Consumo (2010)
  • Co-Autora do livro O direito à propriedade, sua função social e as liminares possessórias, publicado pela revista Autônoma de Direito Privado (2009)

 

ALTO ESCALÃO

25 de setembro de 2017 | Imprensa
O Miguel Neto Advogados está com uma nova sóciaLeia Mais

MIGUEL NETO ADVOGADOS ANUNCIA NOVA SÓCIA NO CONTENCIOSO

20 de setembro de 2017 | Imprensa
O escritório Miguel Neto Advogados anunciou a advogada Marina de Barros Monteiro como nova sócia do contencioso cível e arbitragem.Leia Mais

CBar 2017


O sócio Paulo Magalhães Nasser, responsável pelo Contencioso e Arbitragem de MNA, palestrou no XVI Congresso Internacional de Arbitragem, promovido pelo Comitê Brasileiro de Arbitragem – CBAr.

O evento aconteceu em Gramado-RS, entre 24 e 26 de setembro, com o tema central “Devido processo legal na arbitragem”.

Paulo Nasser compôs painel internacional intitulado “O devido processo legal e o controle judicial das sentenças arbitrais (reconhecimento e anulação)”